13 policiais são presos no Rio por vender a bandidos armas e drogas apreendidas

A polícia do Rio prendeu ontem 18 pessoas - entre elas, 11 PMs e 2 policiais civis - acusadas de vender drogas e armas a criminosos. Segundo a Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança do Rio, o grupo desviava bens apreendidos em operações legítimas e fazia ações policiais falsas.

O Estado de S.Paulo

14 Dezembro 2011 | 03h03

O material de apreensões era vendido principalmente a criminosos da Favela do Jacarezinho. Na ação de ontem, policiais encontraram na casa de um dos PMs R$ 18 mil em dinheiro.

Na Rocinha (foto), foi assaltada ontem, dois meses após a inauguração, a Ricardo Eletro, primeira loja de uma grande rede de varejo a se instalar na favela ocupada por forças de segurança desde 13 de novembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.