12ª Parada Gay de São Paulo leva festa à Avenida Paulista

Kassab, em coletiva sobre o evento, destacou que a 'a cidade nunca abraçou a discriminação'

Ana Luísa Westphalen, da Agência Estado,

25 de maio de 2008 | 12h29

A 12ª edição da Parada do Orgulho GLBT, que acontece neste domingo, 25, na Avenida Paulista, é uma oportunidade para exteriorizar "o perfil de boa convivência de todas as comunidades, raças e religiões, declarou o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), em coletiva sobre o evento. Desde pouco antes da realização da tradicional Parada Gay de São Paulo já havia muita gente na avenida e ruas próximas. Muitos balões coloridos, formando um verdadeiro arco-íris.       Veja também:  Trajeto e história da 12ª Parada Gay de São Paulo   Foto: Tiago Queiroz/AE Vista da Avenida Paulista neste domingo, 25   Muita animação, clima de festa, e com muito policiamento, feito por soldados da Polícia Militar. A animação da Parada Gay, segundo a PM já toma conta de praticamente boa extensão da Paulista, com pessoas caminhando para a concentração do início da caminhada, que começará agora e não tem horário para terminar, apesar de os organizadores, afirmarem que seu termino está programado para às 21 horas.   "Vamos mostrar nossa vocação paulistana de receber todos de maneira hospitaleira". Kassab destacou que a Prefeitura de São Paulo, desde o início da gestão, com o governador José Serra (PSDB) , sempre apoiou a Parada, e declarou: "A cidade nunca abraçou a discriminação."   Foto: Tiago Queiroz/AE Comunidade GLBT inicia as comemorações no centro de São Paulo    Foto: Tiago Queiroz/AE

Tudo o que sabemos sobre:
12ª Parada GaySão `Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.