10 de setembro de 1911

Contrabando de relogios (Rio de Janeiro) O procurador criminal da República offereceu denuncia contra Stanke Androvick e Lalife Bayra , processados como contrabandistas. A policia apprehendeu na casa deste segundo cento e tantos relógios que alli se achavam depositados para serem vendidos pelo primeiro, que os importou de Buenos Aires, sem pagar os impostos. Ambos serão punidos.

, O Estado de S.Paulo

10 de setembro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.