1ª ciclorrota de SP será inaugurada na próxima semana

Com 15 km de extensão, rota compartilhada no Brooklin ficará aberta todos os dias; velocidade de carros cairá a 30 km/h

, O Estado de S.Paulo

13 Julho 2011 | 00h00

A primeira rota cicloviária compartilhada de São Paulo será inaugurada na próxima semana no Brooklin, zona sul da capital. A "ciclorrota", como é chamada, passa por 15 km de ruas residenciais e ficará aberta todos os dias. A previsão da Secretaria de Transportes é que a inauguração seja entre quarta e sexta-feira.

O primeiro trajeto preferencial para bicicleta vai ligar os Parques do Cordeiro, na Avenida Vicente Rao, e Severo Gomes, perto da Avenida Santo Amaro, à Avenida Jornalista Roberto Marinho. Todo o trajeto será sinalizado com placas de advertência e pintura de solo. Nas vias da ciclorrota, a velocidade máxima para carros cairá para 30 km/h.

Segundo o secretário Marcelo Cardinale Branco, faltam cerca de 30 das 120 placas verticais para tudo ficar pronto. "Não adianta pensarmos só em ciclovias. O caminho certo é o compartilhamento e esse é um primeiro passo."

O próximo bairro a ganhar ciclorrota deverá ser o centro. Branco diz que sua pasta trabalha em conjunto com a Secretaria de Cultura para determinar um trajeto preferencial para bicicletas que passe por equipamentos culturais, como o Teatro Municipal e a Biblioteca Mário de Andrade, mas ainda não há prazo para inauguração. Outra região que deve ganhar rota similar é Moema, na zona sul.

Os anúncios foram feitos em debate sobre ciclismo urbano, do qual participou também o músico David Byrne. "Enrique Peñalosa, que foi prefeito de Bogotá, dizia que não podemos pensar em mudança para 5 ou 10 anos. Temos de pensar a longo prazo, como algo para nossos netos, ou filhos dos nossos netos. Quando pensamos no mundo que queremos daqui a 200 anos, não 5, é mais fácil achar a mudança possível", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.