1,7 mil procuram juizados em aeroportos

Nos primeiros 15 dias de funcionamento, os juizados especiais instalados nos cinco principais aeroportos do País atenderam 1.794 pessoas, segundo levantamento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

, O Estado de S.Paulo

12 de agosto de 2010 | 00h00

A maior parte da demanda (61,5%) foi por pedidos de informações. Os juizados receberam 689 reclamações. Dessas, 319 (46,3%) resultaram em acordos. Só em Cumbica, Guarulhos, foram 636 atendimentos - 335 reclamações, com 125 acordos.

Congonhas registrou 134 atendimentos, 80 queixas e 26 acordos. Brasília teve maior índice de resoluções: das 169 reclamações, em 108 houve acordo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.