Mais palmas

Angélica Arbex

09 de abril de 2020 | 21h42

 

120 mil pessoas. Esse é o número aproximado de Zeladores, Porteiros, Faxineiros e Controladores de acesso da cidade de São Paulo. Assim como os profissionais de saúde, do comércio essencial, de limpeza e segurança da cidade, eles não pararam.

Nunca a Vida Vertical foi tão demandada. O mantra, fica em casa, lotou por 24 horas os apartamentos da cidade e lá dentro a vida ficou mais complicada. Não tem  escapadinha das crianças pra quadra mais, dia quente na piscina, meia hora na academia. É dentro de casa, fim. E quem está fazendo tudo isso possível dentro dos prédios são eles: zeladores, porteiros, faxineiros que estão trabalhando como todos os dias normais para que a gente fique bem em casa.

Eu sempre admirei essa turma. Eles dão personalidade para os prédios. Quem já teve um zelador 100% nunca esquece como é mais feliz viver com eles.  E pra eles eu dedico este post. Agradecendo, pedindo palmas e reconhecendo como pode ser muito melhor viver em um condomínio organizado, limpo, bem cuidado, acolhedor. E você também pode aplaudi-los de muitas formas: com uma conversa rápida no interfone, comprando itens a mais de higiene para doar … Descobrir como os funcionários do seu prédio vem pro trabalho e voltam pra casa, reforças as dicas de higiene necessárias nesse transporte.

A onda do bem e da solidariedade que está nos unindo todos contra essa pandemia abre os nossos olhos para o bem possível. O bem que está muito perto da gente e que não é nada além de retribuir tudo a gente recebe. Nesse caso, a paz de poder ficar bem em casa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: