Ainda dá pra ser feliz esse ano

Angélica Arbex

14 de novembro de 2019 | 18h08

É nesse fim de semana que a cidade começa, oficialmente, a acender para o Natal. As janelas e varandas iluminadas, os jardins dos prédios cheios de cenários, a árvore do Ibirapuera mostram que, de fato, 2019 acabou.

Mas tem muita coisa que ainda dá pra fazer nos prédios esse ano e é disso que eu queria falar um pouco hoje. Essa é uma época ótima pra algumas iniciativas que podem transformar, de verdade e pra melhor o fim de ano de quem está muito perto de você e assim fazer o seu mais feliz. Vi essas coisas acontecerem o ano passado e prometi que esse ano, compartilharia no blog a tempo de dar a ideia pra mais gente, que pode compartilhar com mais e mais. Nada muito difícil ou caro, coisas simples e que mudam o dia de muita gente e combinam com o espírito da época.

Brinquedos pras crianças: alguns condomínios pedem para que a equipe de limpeza e portaria faça uma lista de um pedido de presente para cada criança ou idoso, pais ou filhos da equipe. Alguém se encarrega de comprar e organiza um café de confraternização com as famílias para entregar os presentes e conhecer as famílias e fazer com que as famílias também conheçam e se orgulhem do local de trabalho de seus pais, mães ou filhos. Se vocês fizerem isso, fotografem, serão lembranças muito bonitas.

Visitas na redondeza: sempre existe um condômino que conhece um orfanato, uma casa de idosos, um grupo com necessidades especiais que não estão esperando por uma festa de natal. O grupo do condomínio pode organizar com antecedência uma visita a uma instituição das redondezas ou mesmo receber na área comum do prédio para uma festa esses convidados especiais. Esse é um primeiro elo, que não custa mais do que um prato por condômino (sabe aquilo, faço um doce, você um salgado, eu cuido da decoração etc) e vai mudar o dia de muita gente. O que acontece depois é a criação de vínculo entre algumas destas pessoas, que com a proximidade física permitem visitas mais frequentes, novas amizades, destino para um tempo ocioso. Só coisa boa, a partir de uma iniciativa de um encontro, de um dia.

Organizar oficinas para produzir presentes: as festas chegam juntos com as férias escolares. Uma ótima para os condomínios cheios de crianças é organizar oficinas que ensinem as crianças a produzirem presentes que podem ir de slimes à cerâmica, artesanato. E elas podem presentear primos, avós, tios com coisas de muito valor, um presente único, feito por elas. Nessa brincadeira tem aprendizado, disciplina, troca, só coisa boa.

Quando você iluminar a sua varanda, seja nesse fim de semana ou no próximo. Ou ainda quando montar a sua árvore, pense que dá pra fazer alguma coisa nova, que torne esse um fim de ano realmente especial. Eu continuo de olho nessas ideias que pra mim são o verdadeiro sentido de viver em condomínio. Pessoas juntas que não se escolheram, mas que estão cada vez mais abertas para uma vida compartilhada e mais feliz.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.