Revendo promessas

Estadão

20 Dezembro 2010 | 10h13

No início de outubro, o blog relatou um caso acontecido em Itaquera: um ‘ex-bueiro’ que desmoronou e ainda não tinha sido reconstruído, causando acúmulo de lixo e enchentes. Os moradores reclamaram e entramos em contato com a Subprefeitura de Itaquera para saber o que estava sendo feito para reverter a situação. Segundo o órgão, era necessário construir uma galeria de águas pluviais no terreno da casa abandonada em que o ‘buraco’ fica em frente. No entanto, ainda não tinha sido conseguida a autorização do proprietário. A Subprefeitura também alegou não ter os canos em estoque no momento.

Itaquera4.jpg

Dois meses se passaram e nada foi resolvido. Segundo os moradores Kelly e Ricardo Gomes de Souza, que vivem na casa ao lado do ‘ex-bueiro’, nem a Subprefeitura, nem a Defesa Civil deram qualquer respaldo ao habitantes da Rua Euzébio Bento Barbosa. “Nós estamos avisando há quatro anos dos problemas aqui na rua”, diz Kelly. “A situação teve de piorar desse jeito para que eles viessem nos ajudar”. E piorou mesmo. Com as fortes chuvas da semana passada, houve um deslizamento e, além da calçada que já não existe, agora o muro ao lado da casa e as guias da rua também caíram, tornando o local mais perigoso para quem vive por lá. As fotos retratam essa situação.

Novamente procurada pelos moradores, e pela reportagem do blog, a Subprefeitura de Itaquera enviou engenheiros ao local e, após vistoria, a obra foi autorizada. De acordo com o órgão, o proprietário da casa foi contatado e permitiu a construção da galeria em seu terreno. Essa obra foi prometida para o mês de janeiro e deve resolver um dos problemas.

Itaquera3ok.jpg

No entanto, a demora em sanar o caso, gerou uma outra complicação: com a queda do muro e a estrutura comprometida, o local pode desabar de uma vez a qualquer momento. De acordo com os engenheiros responsáveis, é preciso construir um muro de arrimo o mais breve possível. Essa obra deve iniciar nesta segunda, 20, garantiu a Subprefeitura.

Por outro lado, a decisão também levou à interdição das casas próximas ao buraco. Isso fez com que os moradores se revoltassem. “Eles nos disseram que vão fazer um muro de contenção como medida paleativa, mas para isso teremos de sair de nossas casas. Só que não temos para onde ir”, diz Ricardo Gomes de Souza. “Se a Subprefeitura tivesse atendido nosso pedidos desde o início, nada disso teria acontecido e não estaríamos vivendo isso”, explica o morador. Segundo a Subprefeitura de Itaquera, é necessário que as pessoas saiam do local o quanto antes, pois a construção do muro é arriscada para a estrutura das casas.

O blog vai continuar acompanhando o caso.

Wanise Martinez

Mais conteúdo sobre:

Ex-bueiroItaquerapromessa