Prefeitura amplia mapeamento de árvores

Estadão

20 de outubro de 2010 | 15h19

Nem só as águas das enchentes castigam os paulistanos na época de chuvas. No último verão, centenas de árvores mal cuidadas despencaram durante os temporais. Em março, o atleta e biólogo Ricardo Dutra Nicácio, de 28 anos, foi uma das vítimas. Enquanto corria com seu professor na Avenida Brasil, na zona sul, ele foi atingido na cabeça por uma árvore de cerca de 10 metros. Naquele dia, 110 caíram por causa da tempestade. (Relembre o caso)

Apesar das chuvas de fim de tarde típicas da estação intensificarem o problema, ele não acontece apenas no verão. Na segunda-feira, uma árvore caiu na Avenida Washington Luís, na zona sul da cidade, perto da Rua Vigário João de Pontes. Três carros e a fiação elétrica do local foram atingidos. Felizmente, desta vez ninguém ficou ferido.

Carro atingido por árvore na Washington Luís. Foto: Márcio Fernandes/AE

Hoje, a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras informou que quatro novas subprefeituras passarão a mapear as condições das árvores da cidade. Segundo a secretaria, com a ampliação a capital terá 29 subprefeituras com equipes treinadas para atuar dentro do programa, que já cadastrou 5 mil árvores em mais de 80 vias.

De acordo com a secretaria, a iniciativa promoverá um diagnóstico das árvores. A pasta poderá realizar as intervenções necessárias, que podem variar de uma simples poda ou reforma de um canteiro até a remoção ou transplante de uma árvore.

Para solicitar a poda, você pode se dirigir pessoalmente à subprefeitura da região, entrar em contato por telefone ou pelo site da Prefeitura. O serviço é gratuito. Em casos de emergência, o Corpo de Bombeiros pode ser acionado pelo telefone 193.

Você já usou o serviço de poda da Prefeitura? Conte sua experiência.

Gabriel Pinheiro

Tudo o que sabemos sobre:

Nas ruas

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.