Tenha cuidado ao escolher agência de viagem e cia aérea

Tenha cuidado ao escolher agência de viagem e cia aérea

Jerusa Rodrigues

12 de novembro de 2014 | 17h52

Procon divulga ranking das mais reclamadas dos setores

 

 

Levantamento feito pelo Procon-SP de janeiro a setembro deste ano mostra que as agências de viagens e companhias aéreas não resolvem metade das reclamações feitas ao órgão.

 
Entre as agências de viagem, a Decolar.com  (pior no ranking) recebeu 37,3% das queixas e solucionou 76% dos casos. A CVC ocupa a segunda posição, com aproximadamente 22,3% das demandas, mas não resolve 48% dos casos.

 
No ranking das companhias aéreas, TAM e GOL (as duas mais reclamadas)  respondem por 71% dos casos. O índice de solução mais baixo, 61%, é da Azul, que ocupa o quarto lugar.

 
As piores agências no ranking são, respectivamente, a Decolar.com, com 251 registros; a CVC Brasil, com 150; e a B2W Viagem e Turismo, com 82 casos.

 

Já entre as companhias aéreas, as mais reclamadas foram:  a TAM, com 252 queixas; a Gol, com 228; e a Oceanair, com 111 registros.

 
Os principais problemas relatados pelos consumidores foram: cobrança indevida; serviço mal prestado e dúvidas sobre contrato.

 
O Procon-SP considera ideal um índice de solução acima de 95% – valor que nenhuma empresa conseguiu atingir.

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: