Sujeira de pombos se acumula em imóvel abandonado

Jerusa Rodrigues

04 de setembro de 2013 | 21h08

Limpeza foi feita praticamente um mês depois, e não solucionou problema

Por Jerusa Rodrigues

Reclamação da leitora: Fiz uma solicitação de urgência, no site da Prefeitura de São Paulo, em 5/8, pedindo a limpeza urgente das calçadas e das paredes de um espaço localizado na Rua João de Ledesma, no cruzamento com a Rua Sebastião de Freitas, na altura do 641, pois há acúmulo de pombos e muita sujeira e o cheiro é insuportável. Há muitas crianças no local e pessoas circulando, o que aumenta o risco de transmissão de doenças. A situação é perigosa ao pedestre, pois, ao tentar desviar da calçada, corre o risco de ser atropelado na curva por algum veículo, pois não é possível ver o outro lado. A situação é crítica e  o local exige limpeza urgente, mas  não recebi retorno da Prefeitura e o local continua do mesmo jeito. Marisa Aparecida Terra / São Paulo

Resposta 1: A Subprefeitura Santana/Tucuruvi informa que irá lavar o local.

Resposta 2:  Uma equipe da Vigilância Ambiental da Supervisão de Vigilância em Saúde de Santana realizou vistoria no local no dia 3/9. Verificou que, nas proximidades do endereço citado, há um imóvel abandonado, com o telhado e as janelas deteriorados, sendo utilizado pelos pombos como local de abrigo, pouso e reprodução. A solicitação foi encaminhada ao Setor de Uso e Ocupação do Solo da Subprefeitura Santana/Tucuruvi, a fim de que o proprietário seja notificado para regularização do imóvel.

Réplica da leitora: Limparam o local neste sábado (28/9), mas o serviço deixou muito a desejar, pois ainda há fezes de pombos e muita sujeira naquela calçada. Acho que deveriam caprichar na limpeza e dedetizar a calçada, se possível, pois ficou muito tempo sujo.