SKY gera cobrança, mesmo após cancelamento de serviço

Luciana Magalhães

03 de junho de 2014 | 12h05

Essa empresa é um modelo de incompetência e desorganização, diz leitor

Por Luciana Magalhães

Reclamação do leitor: No dia 19/4 cancelei o serviço SKY. Em maio comecei a receber mensagens de texto dizendo que os serviços tinham sido cancelados por falta de pagamento, o que não faziz sentido, já que os pagamentos sempre foram feitos por débito automático em conta. Em contato com a operadora, fui informado de que, por alguma razão, o saldo final não havia sido debitado. Novamente forneci os números do meu cartão de crédito e  tudo ficou acertado. Agora a SKY não para de me ligar cobrando um valor que já foi pago. Essa operadora é uma verdadeira “Casa da mãe Joana”. José Carlos Stabel / São Paulo

Resposta: A SKY informa que no dia 14/5 realizou diversas tentativas de contato com o cliente, mas sem sucesso. Esclarece que o cancelamento da assinatura foi efetuado, sem ônus. O equipamento será retirado do local de instalação em data e horário previamente estabelecido entre as partes. O sinal permanecerá ativo até o dia 31/5, referente ao último pagamento efetuado. O caso será acompanhado até a finalização.

Réplica do leitor: Na verdade não sei se o problema foi solucionado. Voltei de viagem dia 22/5 e estou sem sinal da SKY há 2 semanas. Os equipamentos foram retirados e recebi uma fatura referente ao uso dos serviços no período de 22/5 a 21/6.  Reclamei com a operadora e o atendente pediu para que eu desconsiderasse essa fatura, pois foi emitida por engano.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.