Concessionária de energia não cumpre prazo para o religue

Luciana Magalhães

17 Fevereiro 2014 | 19h09

A EDP Bandeirante não se preocupa com o cliente, diz leitora

Por Luciana Magalhães

Reclamação da leitora: Aluguei um salão e solicitei à EDP Bandeirante uma ligação nova, pois há anos o local está fechado. Após efetuar o pedido, no início de fevereiro, a atendente pediu para que eu aguardasse 72 horas para que fosse feito o religue. Após 6 dias, como ninguém apareceu, liguei na concessionária e fui informada de que não encontraram o local. Um absurdo! Questionei a informação e o atendente informou que nada podia fazer. Sem opção, fiz outro pedido e me deram o prazo de 5 dias úteis. Estou indignada com o atendimento da EDP Bandeirante. Enquanto isso, estou pagando aluguel e não consigo trabalhar, pois simplesmente informam que não encontram o salão. O engraçado é que as cobranças de energia nas casas e nos estabelecimentos vizinhos ao salão chegam o tempo todo. Peço ajuda! Vanessa Rodrigues Hymalaia / Guarulhos

Resposta: A EDP Bandeirante informa que entrou em contato com a cliente a orientou sobre seu caso e os procedimentos a serem adotados.

Réplica da leitora: Uma equipe foi até o local, mas não fez a instalação. Os técnicos disseram que faltava alguns procedimentos e um laudo, que deveria ser providenciado por um arquiteto. A proprietária contratou um profissional, que já providenciou o laudo. No dia 14/2 fui até a sede da Bandeirante Energia e entreguei os documentos com as modificações, justamente com o laudo solicitado. Eles disseram que a equipe vai ao salão amanhã (18/2).