Obras noturnas do Metrô

Luciana Magalhães

14 Setembro 2013 | 10h00

“A construção da Linha 5-Lilás está causando transtornos aos moradores da região”

Por Luciana Magalhães

Reclamação do leitor: Moro na Rua Andréa Paulinetti, em frente à obra da Linha 5-Lilás (lote 3) e no dia 16/7 o Metrô emitiu um comunicado informando que, de 15/7 a 31/8, os trabalhos da escavação da futura Estação Brooklin serão realizados em 3 turnos. O noturno começa às 22 horas e se encerra às 6 horas. Passado o prazo, as obras continuam durante a noite e madrugada a dentro, para o horror e desespero dos moradores. Em 4/9 o Metrô informou que os trabalhos de escavação vão ser finalizados em 6/9. Porém, nos dias 14 e 15/9 (sábado e domingo, por coincidência) o Metrô informou que vai ser feita a 1.ª etapa da concretagem da laje de fundo e as atividades também vão ser feitas em 3 turnos. Um abusrdo! Não adianta fazer referência à Lei do Silêncio, pois ela aparentemente, não existe ou, simplesmente, é ignorada. Pelo menos, conforme notícia publicada no Estadão (em 5/7, sob o título “Excesso de ruído em obra causa autuação”),  parece que houve alguma reação para dar um basta aos abusos que vêm sendo cometidos. Dietmar Rother / São Paulo

Respostas: O Programa de Silêncio Urbano (Psiu) informa que entrou em contato com os responsáveis pela obra e os orientou sobre as reclamações e a legislação. Os responsáveis se comprometeram a estudar uma solução e dar um parecer ao Psiu. A fiscalização será mantida até que as medidas necessárias sejam tomadas.

A Companhia do Metrô esclarece que, em atendimento às exigências impostas pela Licença Ambiental do empreendimento, o Consórcio Andrade Gutierrez–Camargo Corrêa realiza monitoramento de ruído adotando medidas para eliminar e/ou minimizar os impactos gerados pela obra. O Metrô acompanha essas ações atuando para coibir excessos e exigindo providências das concessionárias, sempre que necessário. Além disso, põe à disposição da população afetada canais de comunicação direta, como o site e a Coordenadoria de Atendimento à Comunidade, nos telefones 3371-7519 e 3371-7521/ 25 (horário comercial). O Consórcio Andrade Gutierrez–Camargo Correa pode ser acionado pelos telefones 11-2533-0577/ 2537-5796 e pelo e-mail: faleconosco.lote03linha5@gmail.com.

Réplica do leitor: O problema não foi solucionado  nem há  previsão para isso. Fui visitado por representantes do Metrô e do consórcio, porém, em função das necessidades da obra, não há muito o que fazer. Infelizmente, também vale para as obras noturnas, que são as que mais atrapalham. O aspecto mais positivo, até agora, foi a aparente intervenção do Psiu exigindo alguma solução.