Mesmo sem tomar vacina anti-covid, leitor consta entre vacinados

Secretaria Municipal da Saúde afirma que entrou em contato com munícipe para esclarecer o caso

Renata Okumura

30 de março de 2021 | 05h00

Marcos Vladislao acompanhou a esposa até a Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. José de Barros Magaldi, no Itaim Bibi, na zona sul da capital paulista. Segundo ele, seus dados também foram incluídos entre os vacinados, fato que soube ao ser convocado para ser vacinado pela lista das sobras.

Foto: Pixabay

Reclamação de Marcos Vladislao Félix Baranski: “Eu acompanhei minha esposa até a UBS Dr. José de Barros Magaldi, no Itaim Bibi, na zona sul da cidade, situado muito próximo à nossa residência. Uma das atendentes, ao completar o cadastro de minha esposa, inadvertidamente, solicitou e registrou os meus dados, me incluindo no sistema como vacinado, porém isso não ocorreu. Fiquei sabendo dessa situação quando, dias depois, fui chamado para ser vacinado pela lista das sobras. O atendente ao acessar meu cadastro verificou que meu nome constava como já vacinado e, portanto, não poderia receber nova dose naquele momento. A partir daí, junto com o gerente daquela UBS, foi iniciado um processo solicitando a exclusão do meu nome do cadastro. Até o presente momento não houve solução para o meu caso.”

Resposta da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), por meio da Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) Oeste: “A secretaria afirma que a unidade UBS Magaldi possui contato diário com o munícipe. Ele foi orientado a ir no último sábado, 27, à unidade para se vacinar, dentro do grupo da sua faixa etária.”

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Tudo o que sabemos sobre:

queixavacina

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.