Uma relação de 102 anos

Jerusa Rodrigues

22 de abril de 2013 | 09h00

Por Jerusa Rodrigues

Depois de décadas no papel, a coluna de defesa dos direitos do consumidor estreia hoje na internet. O objetivo do blog Seus Direitos é atender um maior número de leitores e acelerar a publicação de suas reclamações – sejam sobre a cidade, sobre alguma empresa, um serviço malfeito.

Tem alguma reclamação? Sentiu-se prejudicado ao contratar uma empresa? Precisa de orientação para comprar um produto? Escreva pra gente. Além dos posts sobre o que afeta o dia a dia do consumidor, o leitor encontrará dicas de como evitar problemas e cartilhas sobre diferentes temas – dos cuidados necessários na hora de viajar a recomendações para escolher o melhor transporte escolar. Haverá ainda um espaço com a legislação disponível no Brasil e no exterior.

A participação dos leitores será fundamental. O blog terá espaço permanente para receber vídeos e fotos sobre situações que afetam São Paulo e outras cidades. Todas as reclamações serão enviadas para os órgãos competentes e podem virar tema de posts e reportagens.

 A relação do Estado com a defesa dos direitos dos leitores é antiga. A primeira reclamação sobre São Paulo foi publicada há 102 anos, na edição de 21 de abril de 1910. A carta da seção Queixas e Reclamações – publicada até 1929 – protestava contra buracos na Rua João Teodoro, no Brás. Em 25 de julho de 1911, com base na denúncia de um leitor, o Estado publicou uma reportagem sobre a corrupção nos correios. Personagens ilustres da história brasileira, como o escritor Monteiro Lobato, também colaboraram com o espaço. Sua carta, publicada em 1914, deu origem ao artigo Velha Praga, em que criticava o costume de se usar a queimada para limpar terrenos no interior.

 Em 1990, a coluna São Paulo Reclama começou a ser publicada no caderno Cidades e, nove anos depois, foi a vez de a coluna Seus Direitos estrear no caderno de Economia ­- em 2010, ela migraria para o Metrópole. A partir de hoje, as duas serão temas deste blog.

Veja mais em:

Escândalo nos correios

Queixas e reclamações

Guia do CDC