Leitora reclama de mau atendimento de companhia aérea

Latam Airlines Brasil lamenta o ocorrido e informa que entrou em contato com a cliente para prestar os esclarecimentos necessários

Renata Okumura

11 de setembro de 2019 | 05h00

Aparecida Gaziolla realizou uma viagem de Lima, no Peru, para São Paulo pela companhia Latam. Segundo ela, os comissários pediram que todos permanecessem sentados em razão de turbulência. No entanto, depois disso, não disseram mais nada e os passageiros não receberam nem um copo de água, de acordo com a consumidora. Ela disse que uma senhora se levantou para pedir água, mas teve o pedido negado.

Foto: Pixabay

Reclamação de Aparecida Gaziolla: “Partimos de Lima, no Peru, com destino a São Paulo em um voo da Latam, cuja duração foi de aproximadamente 5 horas. O voo estava praticamente lotado. O tempo foi passando e, a cada momento, os comissários avisavam para os passageiros permanecerem em seus assentos, com os cintos afivelados, em razão de uma turbulência. E assim o tempo foi passando, sem sequer servirem um copinho de água. Já passada mais da metade do voo, fui ao banheiro no fundo do avião e observei os comissários em animado papo. A minha vizinha de assento, uma senhora russa que vive no Peru, levantou-se e foi pedir água, mas negaram. Somente quando faltava pouco para o pouso, passaram servindo o precioso líquido e um jantar servido gelado”.

Resposta da Latam: “A Latam Airlines Brasil lamenta o ocorrido e informa que entrou em contato com a cliente para prestar os esclarecimentos necessários, além de disponibilizar crédito de viagem. O Fale com a Gente continua à disposição para mais informações pelo telefone 0800 123200 (24 horas) ou fax 0800 123900”.

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Tudo o que sabemos sobre:

Latamatendimento