Leitora reclama de alteração de voo da Itapemirim

Leitora reclama de alteração de voo da Itapemirim

Companhia afirma que houve ajustes na malha, ocasionando alterações, mas passageira foi reacomodada em outro voo

Renata Okumura

18 de novembro de 2021 | 05h00

A leitora Jacqueline Guimarães reclama de alteração no voo que ocorreria ontem, de São Paulo para Brasília, para o próximo domingo, 21. Não teve nenhuma informação sobre a mudança. Ela afirma ter necessidade de ser reacomodada em outro voo para seguir com compromissos pessoais.

Itapemirim/Divulgação

Reclamação da leitora Jacqueline Guimarães: “Meu voo foi remarcado do dia 17 para o dia 21 de novembro. O trecho era São Paulo-Brasília. Tenho compromissos e não posso esperar. É um abuso essa alteração. São quatro dias de atraso. Eu conheço meus direitos como consumidora e não fui informada com 72 horas de antecedência. Solicito ser direcionada para um outro voo, sendo da ITA ou de outra companhia.

Não estão fazendo nenhum atendimento telefônico. No próprio site, eles já estão informando isso. Ou seja, você nem sabe como reclamar. Tentei mandar um e-mail. Eu acho que estão tendo muitos problemas com atrasos desse tipo. Só comigo já aconteceram outras duas vezes, mas não desse jeito. Na verdade, eu não aprendi.

Exijo saber o motivo da alteração e receber a declaração de contingência, que comprova essa razão de remarcação. Isso é um abuso da companhia. Caso não tenha o retorno devido, vou entrar com processo por danos morais.”

Resposta da Itapemirim: “A Itapemirim Transportes Aéreos informa que passou por alguns ajustes em sua malha, que resultaram na alteração de horários de alguns voos. Todos os passageiros impactados já estão sendo contatados e reacomodados. No caso da cliente citada, a ITA confirma que ela foi contatada e reacomodada em outro voo, conforme prevê a Resolução 400 da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).”

Envie suas reclamações

Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia.

Tudo o que sabemos sobre:

Itapemirimpassagem aérea

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.