Leitora não consegue incluir nome na ‘xepa’ da vacina da covid-19

Prefeitura de São Paulo entrou em contato com a referida usuária, esclareceu a falha ocorrida por uma colaboradora e a cadastrou na fila para aplicação de doses remanescentes

Renata Okumura

13 de junho de 2021 | 05h00

Veronica Bilyk foi até o Centro de Saúde Escola (CSE) Geraldo de Paula Souza para se inscrever na ‘xepa’ da vacina. Ela reclama que a atendente não incluiu seu nome, mesmo tendo direito à inclusão.

Foto: Pixabay

Reclamação de Veronica Bilyk: “Eu fui ao posto de saúde da Doutor Arnaldo para me inscrever na xepa da vacina da covid-19, conforme instruída pelas notícias oficiais, dentro do horário de atendimento do posto. Mesmo dentro do horário de atendimento, a atendente se negou a realizar meu cadastro. Desnecessário dizer o tamanho do meu nervosismo com a situação onde sou negada de acesso ao meu direito e exposta ao risco de contaminação, por sair do meu isolamento.”

Resposta da Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde: “A Prefeitura afirma que a equipe do CSE Geraldo de Paula Souza, localizado na Avenida Dr. Arnaldo, entrou em contato com a referida usuária, esclareceu a falha ocorrida por uma colaboradora e a cadastrou na fila para aplicação de doses remanescentes. Toda a equipe da unidade foi reorientada quanto aos procedimentos e a unidade fica à disposição da munícipe para novas dúvidas.”

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia.

Tudo o que sabemos sobre:

leitoraqueixaXepavacinaCovid-19

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.