Leitora cobra estorno de dinheiro depositado em conta errada

Leitora cobra estorno de dinheiro depositado em conta errada

Caixa Econômica Federal informou que não identificou irregularidades no procedimento

Renata Okumura

20 de julho de 2018 | 05h00

Márcia Cristina Silva realizou um depósito no valor de R$ 86 em uma casa lotérica no Shopping Iguatemi, em Barueri, mas se surpreendeu com a atendente do estabelecimento que errou ao digitar o número da agência. Logo após o ocorrido, a leitora foi informada de que teria de comparecer à casa lotérica filiada à conta para a qual o dinheiro foi transferido. Mesmo realizando todos os procedimentos exigidos pela Caixa Econômica Federal, Márcia ainda não teve o dinheiro estornado.

Foto: Daniel Teixeira/Estadão

Reclamação de Márcia Cristina Silva: No dia 10 de abril, fui até a casa lotérica do Shopping Iguatemi, Alphaville – Barueri, realizar um depósito no valor de R$ 86, porém a atendente digitou o número da agência errado. Na mesma hora, fui informada de que teria de comparecer à agência filiada a esta casa lotérica. No outro dia, assim que o banco abriu, fui até lá e expliquei o ocorrido, e me informaram que a conta do cliente seria bloqueada para o mesmo não conseguir mexer nesse dinheiro. Tentaram contato com o cliente, porém sem sucesso. Me disseram que em até três dias úteis o dinheiro seria estornado para a conta correta. Aguardei o prazo informado, porém o depósito não foi realizado. No dia 24 de abril, entrei em contato com o SAC e abri uma reclamação sobre o ocorrido. Estou esperando o estorno do dinheiro e a Caixa Econômica não resolve o meu problema.

Resposta da Caixa Econômica Federal: A Caixa informa que não identificou irregularidades no procedimento adotado pela lotérica no momento do depósito, já que após o cliente informar a conta para depósito, a atendente digita e confirma com o cliente o nome do titular da conta e somente após essa confirmação, efetiva o depósito. Como a transação de depósito não é estornável após a efetivação do depósito, quando houver a reclamação, neste caso, o cliente é direcionado para a agência de vinculação do lotérico, que entra em contato com o cliente da conta depositada para solicitação de autorização de débito do valor depositado incorretamente. Somente após a autorização do titular da conta, o valor é devolvido ao depositante. Até o momento, não tivemos sucesso no contato com o cliente detentor da conta. E a equipe da agência Jandira continua à disposição.

Envie suas reclamações

Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.