Leitora cobra assistência da Prefeitura de SP para moradora de rua com cães

Leitora cobra assistência da Prefeitura de SP para moradora de rua com cães

Prefeitura de São Paulo informa as equipes do Serviço Especializado de Abordagem Social realizam atendimentos sociais diários na Alameda Ministro Rocha Azevedo e arredores

Renata Okumura

22 de maio de 2022 | 05h00

Kátia Oliveira relata que na Alameda Ministro Rocha de Azevedo, perto da Avenida Paulista, na região de Cerqueira César, há uma senhora com seus cachorros que precisa de auxílio, por parte da Prefeitura de São Paulo, ainda mais com esses dias muito frios.

Foto: Leitora Kátia Oliveira

Reclamação de Kátia Oliveira: “Na Alameda Ministro Rocha de Azevedo, perto da Avenida Paulista, na região de Cerqueira César, há uma senhora com seus cachorros. Ela precisa de auxílio, ainda mais com esses dias muito frios. Ela costuma receber ajuda quando sai alguma reportagem, mas depois cai no esquecimento.”

Resposta da Prefeitura de São Paulo: “A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads) que informa as equipes do Serviço Especializado de Abordagem Social (Seas) realizam atendimentos sociais diários na Alameda Ministro Rocha Azevedo e arredores, no bairro Cerqueira César, na zona oeste de São Paulo, a adultos, crianças e adolescentes que vivem em situação de rua ou de vulnerabilidade social. Os orientadores socioeducativos do Seas são capacitados para identificar a necessidade de cada pessoa abordada, explicar benefícios disponíveis que cada perfil se enquadre e oferecer encaminhamentos para os serviços da rede socioassistencial da Prefeitura. Entre 15 de abril até 6 de maio foram realizadas 32 abordagens somente na Alameda Ministro Rocha Azevedo, que resultaram em cinco encaminhamentos durante o período. Os encaminhamentos são feitos para os seguintes serviços: Centros de Acolhida de Pessoas em Situação de Rua, Núcleos de Convivência e para atendimento social nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) ou ainda para Centros de Referência Especializados na População em Situação de Rua (Centro POP).”

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Tudo o que sabemos sobre:

FrioIdosaCãesSP Reclama

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.