Leitor tem voo cancelado, precisa comprar outra passagem e não recebe reembolso

Leitor tem voo cancelado, precisa comprar outra passagem e não recebe reembolso

Companhia aérea afirma que realizou o reembolso solicitado pelo cliente

Jéssica Otoboni

06 Dezembro 2018 | 05h00

Hélio Perazzolo diz que o filho teve um voo cancelado pela Latam e, como não podia esperar uma nova viagem da companhia, precisou comprar outra passagem. O leitor alega que ele pagou um valor muito maior e não recebeu o reembolso devido. Após intermédio do SP Reclama, a empresa disse que realizou o reembolso solicitado pelo cliente, que confirmou o pagamento.

Empresa informou que realizou o reembolso solicitado pelo cliente - Foto: Pixabay / JESHOOTScom

Empresa informou que realizou o reembolso solicitado pelo cliente – Foto: Pixabay / JESHOOTScom

Reclamação de Hélio Perazzolo: Meu filho Thiago Jose Perazzolo teve seu voo de volta (Roma a São Paulo) cancelado pela Latam em abril de 2018. Como ele não poderia esperar um novo voo da companhia, comprou outro bilhete de volta ao Brasil (pagando 40% a mais do que o valor da passagem adquirida anteriormente). Em contato com a Latam e depois de quatro meses, nada de reembolso. Entrei em contato com a empresa no dia 09/10 e ouvi do atendente que o reembolso já estava aprovado pela Ouvidoria e estaria no Departamento Financeiro da Latam para reembolso no cartão de crédito indicado na compra. Passado mais um mês, nada de reembolso. Hoje, sete meses após o cancelamento, nada de reembolso.

Resposta da Latam: A Latam Airlines informa que realizou o reembolso solicitado pelo cliente, além de ter prestado os esclarecimentos necessários por e-mail. O Fale com a Gente continua à disposição para mais esclarecimentos pelo telefone 0800 123200 (24 horas) ou fax 0800 123900.

Envie suas reclamações

Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Mais conteúdo sobre:

SP ReclamaLatam Airlinesavião