Leitor se queixa de perda de saldo de recarga da operadora Claro

Empresa de telefonia afirma que está em contato com o cliente para verificar o caso

Renata Okumura

02 de setembro de 2021 | 05h00

O leitor Severino Fernandes de Lima reclama de ter tido o saldo de recarga subtraído de maneira inadequada pela operadora de telefonia Claro. Ele diz, ainda, que não foi informado sobre valores e condições do pacote de serviços.

Foto: Fábio Motta/AE

Reclamação do leitor Severino Fernandes de Lima: “Sou cliente da operadora Claro. Comprei o Chip e optei pelo serviço pré-pago do ‘Prezão’, custando R$ 1,99 ao dia, que oferece internet, WhatsApp e ligações ilimitadas. Usei o telefone para uma ligação e descontaram o valor total da recarga que havia efetuado. Entrei em contato com a central da empresa e fui informado de que as ligações ilimitadas são para chamadas de até seis minutos. Caso dure mais que este tempo, há uma cobrança de tarifa normal. Não deram esta informação na propaganda, não informaram no site e, muito menos, citaram o custo desta tarifa. Ressalto que o serviço é péssimo, os atendentes são arrogantes e agressivos. Exijo meus créditos de volta.”

Resposta da Claro: “A empresa informa que está em contato com o sr. Severino Fernandes de Lima, com o objetivo de verificar o caso. A operadora continua à disposição por meio de todos os canais de atendimento disponibilizados.”

Envie suas reclamações

Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia.

Tudo o que sabemos sobre:

Claroserviçosreclamação

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.