Leitor se queixa de mau atendimento de companhia aérea

Segundo o consumidor, atendente da Latam se negou a corrigir sobrenome de criança preenchido errado no momento do agendamento

Renata Okumura

18 de abril de 2019 | 05h00

Breno Amorim comprou duas passagens aéreas para sua tia e neto viajarem de São Paulo para o Recife. No entanto, ao preencher os dados, escreveu errado o sobrenome da criança. Ao observar o equívoco, na fila de check-in, pediu informações a um funcionário. Amorim diz que a Latam se negou a corrigir o erro, e ele foi obrigado a comprar uma nova passagem aérea.

Foto: Free-Photos / Pixabay

Reclamação de Breno Amorim: “Efetuei uma compra de passagem para minha tia e neto. Eu não me atentei que o sobrenome da criança que viajaria acompanhado dela, no caso o seu neto, estava errado. Ainda na fila do check-in, avisei um funcionário da Latam, que me indicou um guichê para tentar resolver. Entretanto, a companhia se negou a corrigir o erro. Infelizmente, tive que comprar outra passagem para o dia seguinte com valor mais caro.”

Resposta da Latam: “A Latam Airlines informa que entrou em contato com o cliente por e-mail para prestar os esclarecimentos necessários a respeito da aquisição de passagens. O Fale com a Gente continua à disposição para mais informações pelo telefone 0800 123200 (24 horas).”

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Tudo o que sabemos sobre:

SP Reclamaqueixaleitor

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: