Leitor se queixa de cobranças indevidas de sistema de pagamento eletrônico

Sem Parar informa que o caso foi resolvido

Renata Okumura

16 de abril de 2019 | 05h00

Yves Cardoso cancelou o serviço do Sem Parar. A solicitação foi feita para a ouvidoria da empresa que confirmou a realização do pedido de cancelamento. No entanto, ele ainda recebe e-mails e telefonemas do Sem Parar cobrando débitos inexistentes.

Foto: jackmac34/Pixabay

Reclamação de Yves Cardoso: “Fiz o cancelamento do meu serviço Sem Parar, via ouvidoria da empresa. Recebi ligação informando que o meu pedido tinha sido atendido. No entanto, comecei a receber cobranças por e-mail e também por telefone. Solicito uma solução definitiva para meu caso”.

Resposta do Sem Parar: “Em atenção à manifestação apresentada pelo Sr. Yves, esclarecemos que finalizamos o contato com o cliente, sendo que na ocasião confirmamos o cancelamento da pendência financeira e pedimos desculpas pelo ocorrido”.

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Tudo o que sabemos sobre:

SP ReclamaSem Pararqueixaleitor

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: