Leitor se queixa de cobrança indevida do Sem Parar

Empresa informa que consumidor será ressarcido pelo valor pago

Renata Okumura

19 Julho 2017 | 05h00

José Antônio Biral relata que em novembro do ano passado o Sem Parar cobrou duas mensalidades de seu veículo. O consumidor não consegue receber o reembolso.

(Foto: Pixabay)

Reclamação de José Antônio Biral: “Em novembro de 2016, foi debitado em meu cartão o valor referente a duas mensalidades do meu carro. Já abri cinco protocolos para receber o reembolso e até agora nada. Segundo o Código de Defesa do Consumidor, devo ser ressarcido em dobro”.

Resposta do Sem Parar: “O Sem Parar efetuou o reembolso na conta de consumo do cliente. Realizamos tentativas de contato com ele nos dias 11 e 12 de julho, em horários alternados, e também enviamos SMS para avisar do reembolso”.

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Mais conteúdo sobre:

valorressarcimentoleitor