Leitor se queixa de cobrança indevida de telefonia

Claro afirma que entrou em contato com o cliente e realizou os ajustes necessários

Renata Okumura

17 de janeiro de 2021 | 05h00

Wiener Langone solicitou a instalação da banda larga da Claro na sua residência. O técnico não conseguiu passar a fibra óptica, mas ativou o modem. Com isso, ele está sendo cobrado indevidamente por serviços não prestados.

Foto: Fábio Motta/ AE

Reclamação de Wiener Langone: “Solicitei a instalação de banda Larga da Claro na minha casa. O técnico não conseguiu passar a fibra óptica até o local desejado, mas ativou o modem. Então, estou com débitos de três meses, mesmo sem estar usando o serviço. Quero o cancelamento dos débitos.”

Resposta da Claro: “A empresa afirma que entrou em contato com o cliente e realizou os ajustes necessários. A Claro continua à disposição por meio de todos os canais de atendimento disponibilizados.”

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Tudo o que sabemos sobre:

SP ReclamaClaroserviço

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.