Leitor reclama de multa por cancelar contrato com empresa de telefonia

Tim informa que entrou em contato com o cliente para explicar que não há como isentá-lo do pagamento

Renata Okumura

27 de setembro de 2019 | 05h00

Carlos Ernesto fechou um contrato de uma linha empresarial com a operadora Tim. Insatisfeito, decidiu cancelar o serviço, mas questiona a necessidade de arcar com multa em razão da suspensão antes do término do contrato de 24 meses.

Foto: Tiago Queiroz/ Estadão

Reclamação de Carlos Ernesto: “Fechei contrato de uma linha junto a operadora Tim para minha empresa. A linha nunca foi utilizada por inúmeros problemas, e agora queremos cancelar o serviço. A Tim informa que o período obrigatório é de 24 meses, caso contrário devemos pagar uma multa de aproximadamente R$ 2 mil”.

Resposta da Tim: “O Centro de Relacionamento com o Cliente Tim entrou em contato com o cliente e esclareceu que não há como isentar a multa e que seu contrato é de 24 meses, com término em junho de 2020. A segunda via do contrato foi enviada ao cliente via e-mail. Para mais informações sobre a operadora, basta acessar o site da empresa (www.tim.com.br) ou entrar em contato com o Centro de Relacionamento com o Cliente discando *144 do próprio celular ou 1056 de qualquer telefone”.

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Tudo o que sabemos sobre:

TIMleitor

Tendências: