Leitor reclama de falta de fiscalização em via pública de Pedreira

Leitor reclama de falta de fiscalização em via pública de Pedreira

Prefeitura de São Paulo afirma que, após vistoria, não localizou o caminhão citado, mas diz que fará novas inspeções ao longo da semana. Já a CET informou que foi constatado o estacionamento irregular

Renata Okumura

29 de novembro de 2021 | 05h00

O leitor João Ernesto reclama de ter feito solicitação para remoção de um caminhão de médio porte de uma via pública de Pedreira. O veículo realiza venda de frutas e carvão no local. No entanto, não houve ação da Companhia de Engenharia de Tráfego, segundo ele.

Foto: leitor João Ernesto

Reclamação do leitor João Ernesto: “Foi solicitada a remoção de um caminhão de médio porte que vende frutas e carvão sem licença ou alvará em via pública de grande movimento (Av. Emerico Richter), na faixa exclusiva de ônibus. O veículo fica 24 horas por dia parado. Viaturas da CET foram ao local e não constataram o problema relatado, o que é estranho.

Já fui multado pela CET por trafegar em pequeno trecho na faixa de ônibus, um colega teve o carro guinchado por deixar o carro cinco minutos na Zona Azul, outro teve o carro apreendido por falta de licenciamento. Se há lei, que seja para todos! Será que este veículo está com toda a documentação regularizada? Tem de circular ou ficar parado em via pública vendendo frutas? Aguardamos que a companhia realize o trabalho.”

Resposta da Prefeitura de São Paulo: “Por meio da Subprefeitura Cidade Ademar, informamos que foi realizada vistoria no local e não foi encontrado o caminhão citado. Novas vistorias serão realizadas, a fim de verificar se o comerciante possui o Termo de Permissão de Uso, de acordo com a Lei N° 10.328/1987, que fiscaliza comércios irregulares.

No dia 23, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) realizou vistoria e, constatando o estacionamento irregular do caminhão na Avenida Emerico Richter, foi feita a autuação. A fiscalização será intensificada nos próximos dias. A CET ressalta que, duas semanas antes, o proprietário do veículo já havia sido orientado sobre a proibição de permanecer estacionado no local. A CET informa ainda que nove autuações foram aplicadas por estacionamento irregular de veículos na avenida neste ano.”

Envie suas reclamações

Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia.

Tudo o que sabemos sobre:

CETFiscalização

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.