Leitor reclama de cobranças abusivas de empresa de TV por assinatura

Sky afirma que entrou em contato com o cliente para entender a solicitação

Renata Okumura

03 de agosto de 2020 | 05h00

Cliente há mais de 10 anos, João Paulo reclama que a prestadora está aumentando constantemente o valor da mensalidade, ao incluir diversas taxas e cobranças. Ele disse que não conseguiu entrar em contato por telefone para fazer sua queixa.

Foto: Pixabay

Reclamação de João Paulo: “Sou cliente da Sky há mais de 10 anos e, cada vez mais, a prestadora aumenta seus preços e inclui diversas taxas e cobranças absurdas causando transtornos a todos os seus clientes. O pior é que quando ligamos para serviço de atendimento ao cliente, a fim de tentar uma solução, a resposta é sempre a mesma coisa. É impossível conseguir falar com um atendente, por causa do sistema eletrônico”.

Resposta da Sky: “A Sky afirma que um dos seus objetivos é atender a todos os clientes com qualidade e o mais prontamente possível. Desse modo, pede desculpas por qualquer transtorno causado. Em atenção à reclamação, realizamos o contato com o Sr. João Paulo para resolver a questão apresentada. O consumidor questiona o aumento do valor da fatura por conta de cobrança desproporcional. Esclarecemos que a cobrança de pro rata ocorre nos cadastros adquiridos junto a companhia de forma antecipada, ou seja, no momento da adesão o consumidor escolheu pagar a primeira mensalidade no ato da contratação. Desta forma, o cadastro fica na sistemática de cobrança antecipada, não sendo possível sua alteração posteriormente. Em caso de atraso maior do que 16 dias, o cliente incorre em cobrança de pro rata na próxima fatura gerada após a quitação do débito e outras situações do qual é necessária alteração de vencimento, contratação de produto adicional, suspensão temporária do sinal ou troca de pacote. Alertamos ainda que o cliente entendeu os valores que constam nas cobranças das mensalidades de suas assinaturas e não colocou objeções dentro do sistema de cobrança da companhia”.

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Tudo o que sabemos sobre:

leitorSKYmensalidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.