Leitor reclama de cobrança de empresa de energia elétrica

Enel Distribuição São Paulo afirma que a liminar já foi cumprida pela empresa, tendo sido feita a transferência de titularidade e a reinstalação do medidor

Renata Okumura

23 de abril de 2021 | 05h00

Ohanes Eivazian reclama de desrespeito da Enel Distribuição São Paulo (Enel). Segundo ele, está sendo cobrado por dívidas contraídas por ex-inquilino. A situação acarretou na retirada do medidor de energia do endereço do proprietário.

Foto: Pixabay

Reclamação de Ohanes Eivazian: “O inquilino anterior do meu imóvel deixou uma dívida em aberto com a Enel, o que acarretou na retirada do medidor de energia no endereço citado. Este ex-inquilino, por outras dívidas, recebeu uma ordem de despejo, tendo ocorrido a restituição do imóvel em outubro do ano passado. Como a lei prevê que dívidas contraídas por ex-inquilinos não se estendem às futuras razões sociais, ou seja, desobrigando o pagamento da dívida pela nova pessoa inquilina detentora de diferente CPF, RG e CNPJ, o deferimento da liminar a meu favor foi imediatamente concedido em março deste ano. Porém, até hoje, vemos a desobediência da Enel em cumprir a decisão.”

Resposta da Enel: “A empresa afirma que a liminar já foi cumprida pela empresa, tendo sido feita a transferência de titularidade e a reinstalação do medidor.”

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Tudo o que sabemos sobre:

queixaleitorSP Reclama

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.