Leitor reclama de aplicativo de entregas

Lalamove informa que a conta do motorista parceiro está ativa e em funcionamento na plataforma

Renata Okumura

16 de maio de 2022 | 05h00

Diorgines Vinicius Pinto de Riccio relata que seu cadastro no aplicativo Lalamove foi bloqueado indevidamente.

Foto: Pixabay / Pexels

Reclamação de Diorgines Vinicius Pinto de Riccio: “Fiz o cadastro no aplicativo Lalamove e paguei a taxa de adesão de R$ 25. Trabalhei dois dias no aplicativo e, de repente, eu fui bloqueado. Quando entrei em contato com a Lalamove no chat, disseram que o documento do meu veículo estava vencido, embora não estava, pois a placa do meu carro é final 6 o licenciamento só venceria no mês de agosto. Mesmo assim, eu fui e efetuei o pagamento mesmo sem ter condições. Quando entrei em contato novamente, falaram outra coisa. Resumindo, não sabem me explicar o motivo do bloqueio indevido.”

Resposta da Lalamove: “A Lalamove informa que a conta do motorista parceiro Diorgines Vinícius Pinto de Riccio está ativa e em funcionamento na plataforma. Informamos que o bloqueio foi realizado pela necessidade do envio de documentos atualizados, conforme indicado no nosso T&C. Com o envio dos documentos solicitados, a conta foi reativada e o motorista está ativo novamente na plataforma.”

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Tudo o que sabemos sobre:

queixaaplicativo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.