Leitor pede ressarcimento após ter plano de saúde cancelado pela empresa

Leitor pede ressarcimento após ter plano de saúde cancelado pela empresa

Após atraso, Bradesco Saúde cumpriu com o acordo de devolução do valor

Ludimila Honorato

28 de agosto de 2018 | 05h00

Helio Rubens Taddei Ramos teve o plano de saúde cancelado pela própria operadora, a Bradesco Saúde. Segundo o leitor, o caso ocorreu depois de ele já ter pago boletos que garantiriam cobertura para, pelo menos, o mês seguinte. Ramos entrou em contato com a empresa, que lhe garantiu ressarcimento, mas houve atraso no pagamento. Após intermédio do SP Reclama, a empresa cumpriu com o combinado, mas o cliente questionou o direito de valores corrigidos pelo atraso.

Plano de saúde foi cancelado unilateralmente pela operadora. Foto: valelopardo/Pixabay

Reclamação de Helio Rubens: Em 26/06/2018, a Bradesco Saúde suspendeu abruptamente e sem avisar o meu plano de saúde apesar de os meus boletos terem sido pagos adiantadamente com cobertura neles declarada até 30/07/2018. Quando me descobri sem cobertura, fiz vários contatos, inclusive com a ouvidoria, mas só consegui a promessa de ressarcimento do período pago e com cobertura cancelada unilateralmente. Tive de procurar um novo plano em regime de urgência, só conseguindo em 20/07/2018 e com diversas carências. Em 17/07/2018, a Bradesco Saúde enviou um e-mail comprometendo-se com o ressarcimento de R$ 5.164,53 até o dia 20/07/2018. Até o dia 30/07/2018, o ressarcimento não havia sido efetuado, caracterizando inadimplência.

Resposta da Bradesco Saúde: A empresa informou que o segurado foi contatado para os devidos esclarecimentos e sua solicitação foi atendida. Posteriormente, após análise e parecer da área responsável, será creditado na conta corrente cadastrada do titular, em até 15 dias úteis, o valor complementar, correspondente aos juros da devolução dos prêmios de junho/2018 (parcial) e julho/2018 (integral).

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Tendências: