Leitor alega cobrança indevida de anuidade de cartão de crédito

AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Leitor alega cobrança indevida de anuidade de cartão de crédito

Empresa afirma que resolveu questão com o cliente

Ludimila Honorato

22 de agosto de 2018 | 05h00

Em novembro do ano passado, Walter Almeida Viana fez uma cotação de seguro automotivo na Porto Seguro, mas não contratou o serviço. Ainda assim, ele afirma que foi induzido a adquirir um cartão de crédito da empresa e, em menos de um ano, recebeu cobrança de anuidade. Segundo ele, o cartão nunca foi utilizado nem possuía senha para isso. Posteriormente, ele confirmou que o caso foi resolvido após intermédio do SP Reclama.

Leitor recebeu cobrança de cartão de crédito que nunca foi usado. Foto: vjkombajn/Pixabay

Reclamação de Walter Almeida Viana: Fiz uma cotação na Porto Seguro Auto em novembro de 2017, o seguro não foi realizado, mas fui induzido a adquirir um cartão de crédito Porto Seguro. O cartão nunca foi usado, nem sequer existe uma senha de uso, porém, a Porto Seguro me enviou um boleto no valor de R$ 67, alegando que é referente à anuidade do cartão. Como anuidade se o cartão tem menos de um ano? Como pode haver uma taxa de anuidade tão exorbitante? Com certeza nem existe lei que permita tal disparidade.

Resposta da Porto Seguro: A Porto Seguro informa que o caso já foi resolvido junto ao cliente. A empresa se mantém à disposição para demais questionamentos.

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: