Objetos foram furtados durante viagem

Luciana Magalhães

09 de janeiro de 2014 | 17h55

A KLM devolveu a minha mala quebrada, sem os meus pertences, diz leitora

Por Luciana Magalhães

Reclamação da leitora: No dia 6/12, embarquei pela KLM em Nice com destino a Guarulhos, com  conexão em Amsterdã. Por problemas climáticos, perdi a conexão e fui realocada 12 horas depois em um voo de Roma para São Paulo. Cheguei no dia 7/12, mas minha bagagem não. Reclamei na Alitalia e fui informada de que a entregariam na minha residência no dia seguinte. Ao recebê-la, vi que a  mala estava quebrada e todos os meus pertences haviam sido roubados. Um absurdo! É muita impunidade neste país. Fernanda Fonseca Macedo / São Paulo

Resposta: A KLM informa que lamenta o ocorrido e ofereceu um voucher não reembolsável no valor de US$  200, como compensação pelo incômodo ocasionado pela alteração do voo. Ressalta que, de acordo com os registros efetuados pela empresa aérea Alitalia, com a qual viajou entre Amsterdã e São Paulo, a bagagem já foi entregue. A KLM pede para  entrar em contato com o serviço ao cliente da empresa aérea Alitalia, responsável pelo transporte e entrega da bagagem.

Réplica da leitora: Estou indignada com a resposta da KLM. Fui roubada! Eu entreguei minha mala para eles, fiquei mais de 10 horas no aeroporto de Amsterdã, enquanto a minha bagagem estava jogada em algum lugar, sem nenhuma segurança. A KLM é responsável pelas malas dos clientes. Quero ser ressarcida!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: