Faixa exclusiva para ônibus na Rua Franscisca, Bela Vista

Jerusa Rodrigues

10 de outubro de 2013 | 18h04

Multa para carros que invadirem faixa começa a ser dada no dia 14 de outubro, diz CET

Reclamação do leitor: Trabalho na Rua Genebra, Bela Vista, e meu trajeto às 18 horas é o de entrar na Rua Francisca Miquelina via Maria Paula (única forma). A distância percorrida na Maria Paula é de 51 metros e tem um ponto de ônibus entre as duas ruas. Nestes 51 metros somente onde está o ponto de ônibus é faixa exclusiva. A pista de rolagem de carros é, nesse horário, parada. Se ficar esperando para entrar na pista de carros, você para a faixa de ônibus. Em vez de usar sua função para melhorar o fluxo do trânsito, um marronzinho fica escondido ao lado da banca de jornal multando todos que vão virar à direita. Não se trata de pedir tratamento diferenciado, e sim mostrar que é muito difícil acessar uma rua que fica a 51 metros com apenas 10 metros de faixa exclusiva. Parece que o único objetivo dele é multar. Carlos Ferreira / São Paulo

Resposta: Sobre a reclamação do leitor, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informa que o local citado faz parte da segunda etapa da faixa exclusiva para ônibus implantada na Rótula Central da cidade, em  30 de setembro. Durante as duas primeiras semanas de funcionamento das faixas, a CET realiza um trabalho de orientação na via, com ênfase educativa, sem registro de autuações. A fiscalização desse trecho será iniciada na próxima segunda-feira, dia 14/10, a fim de melhorar as condições de trânsito, preservar a segurança de pedestres e motoristas e assegurar a prioridade para o transporte coletivo na nova faixa.

Réplica do leitor:  Gostaria que essa denúncia  servisse como orientação para quem faz o planejamento. Até quando deve durar essa maneira esperta de lidar com o contribuinte, onde se denuncia um defeito no ponteiro e vem como resposta a história do relógio?