Dicas para reduzir o desperdício de água

Luciana Magalhães

12 Fevereiro 2014 | 17h49

O gerente de negócios da CAS Tecnologia, Marco Aurélio Teixeira, dá dicas de como consumir água de maneira consciente

Por Luciana Magalhães

1. Ao lavar o carro, utilize baldes e não a mangueira. Com isso, você gastará apenas 60 litros de água, substituindo os 560 litros que seriam gastos com a mangueira se usada  durante  30 minutos.

2. Um banho de 15 minutos com o registro meio aberto resulta num gasto de 135 litros. O mesmo banho, por cinco minutos e com o registro fechado ao se ensaboar, consome 15 litros.

3. Escovar os dentes por 5 minutos com a torneira aberta gera um gasto de 12 litros de água, enquanto molhar a escova, fechar a torneira e bochechar com um copo d’água gasta apenas a quantidade do copo, cerca de 0,5 litro.

4. O tipo de vaso sanitário utilizado em casa também pode influenciar no consumo de água. Enquanto um modelo comum gasta 14 litros, vasos com dispositivo para economizar água reduzem esse número para 6 litros.

5. Ainda em relação ao vaso sanitário, é possível diminuir o fluxo de água de outra forma. Encha uma garrafa de plástico limpa com areia ou pedra e coloque-a dentro da caixa de descarga. Com uma parte do espaço preenchida pela garrafa, a caixa encherá mais rápido e com menos água.

6. Coletar água da chuva para serviços diários, como lavar o chão e regar plantas, também contribui para reduzir o consumo de água.

7. Ao lavar a louça, organize os objetos, ensaboe todos e só depois os enxágue.

8. Regar as plantas no horário adequado também é importante. Isso porque, regando antes das 8h ou após as 19h, ajuda a reduzir o excesso de evaporação de água

9. Vazamentos na torneira e na descarga são vilões do consumo consciente. No caso da descarga, em que não é tão fácil identificar o vazamento, jogue cinzas na privada. Se a cinza não ficar depositada no fundo do vaso, há vazamento na válvula.

10. Utilize redutores de vazão de água em torneiras e chuveiros. Esses dispositivos diminuem o fluxo de água, proporcionando uma economia maior.

Fonte: Marco Aurélio Teixeira, gerente de negócios da CAS Tecnologia e especialista em técnicas de medição de água