Cliente alega cobrança indevida após cancelamento de serviços

Contrato foi excluído da base de dados da empresa de cobranças

Ludimila Honorato

26 de agosto de 2018 | 05h00

Rosangela Reis afirma que o pai dela, após cancelar vínculo com a UOL, recebeu um boleto de cobrança referente à plataforma da empresa Credit Cash. A leitora diz ter entrado em contato em diferentes números de telefone a fim de tentar esclarecer o caso, mas, segundo relata, não obteve sucesso.

Foto: stevepb/Pixabay

Reclamação de Rosangela Reis: Meu pai, Virgilio Reis, foi cliente UOL por muitos anos, mas cancelou os serviços no início de 2018. Falamos com a UOL em 01/03, confirmando o cancelamento. Recebemos em 27/07 um boleto da Credit Cash, vencido em 23/07, no valor de R$ 75,81. Tentei contato por um telefone, mas não completa a ligação. Liguei em outro, informaram que não atendem meu caso e pediram para eu ligar num terceiro número, que não completa a ligação, ou na área de vendas da UOL. Consegui falar neste último, me transferiram para o atendimento, esperei em linha por mais de 30 minutos, mas sem sucesso. Só pode ser brincadeira da Credit Cash emitir um boleto contra um idoso de 88 anos, entregar o boleto vencido e não fornecer atendimento público. É um absurdo o que se faz contra as pessoas.

Resposta da Credit Cash: Gostaríamos de pedir desculpas pelos transtornos causados à sra. Rosangela e ao sr. Virgilio. Entramos em contato com a UOL para verificar a possibilidade de cobrança indevida, pois o contrato nos foi enviado por ela, e, após posicionamento do credor, informamos que foi solicitada a exclusão do contrato de nossas bases de cobrança. O débito não encontra-se mais em nossa assessoria, pois a UOL solicitou a baixa do contrato e a devolução dele para análise. Logo, a primeiro momento, não serão emitidos boletos da Credit Cash cobrando o débito em nome do credor. Entretanto, caso haja confirmação que há um débito em atraso, a cobrança irá continuar através das assessorias de cobrança ou diretamente pela UOL.

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Tudo o que sabemos sobre:

Cobrança indevidaUOLCredit CashSP Reclama

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: