Cartão postal às avessas na zona norte

Jerusa Rodrigues

24 de outubro de 2013 | 19h21

Canteiro central da Av. Cruzeiro do Sul continua cheia de lixo e mato, diz leitor

Reclamação do leitor: De 23/5, quando enviei a reclamação, até 16/10 não houve melhoria no canteiro central da Av. Cruzeiro do Sul, no trecho entre a Estação Rodoviária Tietê até o Metrô Santana. Além de exibir nas colunas do metrô verdadeiras aberrações desenhadas – o que chamam de arte –  conta com várias barracas de mendigos, rodeadas por grande quantidade de mato, lixo e fogueiras. Um verdadeiro cartão postal para quem visita a zona norte.  A administração Haddad não entende nada da cidade. Flavio Marcus Juliano / Santos

Resposta: A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social  explica que atua diariamente na região abordando e encaminhando moradores em situação de rua, por meio de orientadores sociais do Serviço Especializado de Abordagem Social. Com a finalidade de propiciar a saída do morador em situação de rua da região e promover o retorno ao convívio da família e da comunidade, o trabalho desenvolvido pelos orientadores é socioeducativo. O trabalho consiste na identificação, aproximação, escuta e encaminhamento, das pessoas que aceitam, para a rede de proteção social, como Centros de Acolhida, Centro de Referência de Assistência Social, Centro de Referência Especializado de Assistência Social, Serviços de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes, Espaços de Convivência e Saúde. É importante ressaltar que as pessoas são convidadas a ir aos Centros de Acolhida, mas não são obrigadas a aceitar o encaminhamento.

A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras não respondeu.

Réplica do leitor: Sabendo nas mãos de quem está a Prefeitura e a Coordenação das  Subsprefeituras, creio que vocês não irão obter resposta alguma. Fica a sugestão de uma reportagem sobre os problemas no local.

Tendências: