AES Eletropaulo não quer ressarcir cliente

Luciana Magalhães

24 Fevereiro 2014 | 20h44

Minha televisão queimou por conta de um apagão, diz leitor

Por Luciana Magalhães

Reclamação do leitor: Minha televisão queimou por conta de um apagão e a AES Eletropaulo, em resposta registrada no site da empresa, não quer ressarcir o valor de R$ 415 referente as despesas do reparo – pela troca de peça e mão de obra. No dia 10/1 reclamei na AES Eletropaulo e no dia 24/1 recebi a resposta da concessionária de que a  solicitação era improcedente. Mesmo tendo toda a documentação e comprovação. No dia 30/1 solicitei reanálise à Ouvidoria e até hoje aguardo uma resposta. Peço ajuda!  Luiz Rodolfo Soares Mattos / São Paulo

Resposta: A AES Eletropaulo informa que o pedido de indenização do cliente foi recusado, pois o equipamento foi consertado antes da análise da distribuidora. Eliminando, assim, quaisquer chances de constatação de danos de causa elétrica. A concessionária esclarece que todo o processo para pedido de indenização (PID) é regulamentado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), órgão regulador da distribuidora.

Réplica do leitor: O problema permanece. A concessionária alega que não pode constatar o dano como causa elétrica, porque a TV foi reparada. Entretanto tenho a peça que foi danificada e ela pode ser analisada. Além disso, tenho atestado técnico do prestador de que há relação causal entre o dano e a pane elétrica.