Ciclovias apagadas: gestão Covas promete refazer ainda em setembro

Faixas para ciclistas apagadas nas últimas semanas serão refeitas com melhorias, afirma prefeitura

Alex Gomes

04 de setembro de 2019 | 11h57

Nas últimas semanas, imagens de ciclovias removidas viralizaram nas redes sociais e geraram indignação entre ciclistas. Bairros como Jabaquara, Jaguaré e Planalto Paulista viram algumas de suas vias para bicicletas sumirem da noite para o dia, deixando pessoas que se deslocam de bicicleta expostas diretamente ao trânsito dos automóveis.

Questionada pelo blog São Paulo na Bike, a prefeitura de São Paulo respondeu que as ciclofaixas removidas serão reimplantadas ainda neste mês. Além disso, prometeu a requalificação de ciclofaixas que, de tão apagadas, deram a impressão de terem sido removidas, como a existente na alameda Barros, em Santa Cecília.

Segue abaixo a resposta da gestão Covas.

 

“A Prefeitura de São Paulo informa que estão sendo feitas obras de requalificação nas ciclofaixas da Rua Antônio de Souza Noschese (Jaguaré) e Corifeu de Azevedo Marques, com fresagem e recapeamento asfáltico. 

Na zona sul, as ciclovias localizada na Av. Eng. George Corbisier, Bosque da Saúde e Alamedas Aratãs e Guatás também passam por requalificação, totalizando 9,3 km de vias nesta primeira etapa.

A ciclofaixa da Alameda Barros não está em obras (há um desgaste natural da pintura) e deverá passar por requalificação numa próxima fase. 

Já a ciclofaixa da Avenida João Carlos da Silva Borges passou por obra de concessionária. 

(…)

Os projetos também preveem tachões aplicados a cada um metro, o que garante mais segurança aos usuários. A previsão é que os serviços estejam concluídos no mês de setembro.” 

 

Tendências: