Prefeitura cria conselho para fiscalizar Plano de Metas 2012

Estadão

17 de novembro de 2009 | 19h36

Por Vitor Hugo Brandalise

Foi criado hoje um conselho para acompanhar e monitorar a implementação da Agenda 2012, plano que define ações prioritárias da gestão Gilberto Kassab (DEM) até o fim do mandato. O Conselho Consultivo da Agenda 2012 terá 17 representantes, com integrantes da administração, da sociedade civil organizada e de associações de bairro das cinco regiões da capital.
O objetivo, segundo a Secretaria Municipal de Planejamento, é aumentar a transparência na implantação do plano de metas. “Está dentro da ideia de criação de uma cultura de planejamento com a possibilidade de acompanhamento pleno da sociedade”, disse o coordenador do Movimento Nossa São Paulo, Maurício Broinizi, que acompanha a implantação do programa.

O conselho será composto por nove integrantes da administração, três membros de instituições representativas da sociedade civil e cinco cidadãos, eleitos por meio de voto direto, nas regiões de atuação (norte, leste, sul, oeste e centro). Neste último caso, qualquer cidadão paulistano poderá se candidatar (mandato de dois anos, sem remuneração). Data, horário e locais das eleições ainda serão definidos.

Em outubro, o Estado noticiou que algumas metas já estão sendo revistas, a maioria para baixo. Todas as metas, divididas por região, podem ser acessadas neste site.

Deixe sua opinião: sua região está sendo bem contemplada no Plano de Metas? No que sua região foi mal contemplada? As metas que você acompanha estão no estágio indicado no site?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.