O carteiro da Independência

Estadão

01 de dezembro de 2009 | 08h49

Por Edison Veiga

Embora seja um detalhe que passa despercebido nas aulas de História, o oficial do Tribunal Militar Paulo Emílio Bregaro teve uma participação importante nos bastidores da Independência do Brasil. Ele foi o portador da carta enviada ao então príncipe Dom Pedro informando sobre as novas exigências de Portugal com relação ao Brasil, em 1822. Oficialmente, a missiva foi o estopim para o rompimento político com Portugal. “Arrebente e estafe quantos cavalos forem necessários, mas entregue a carta com toda a urgência”, teria lhe dito José Bonifácio, ao incumbi-lo da tarefa. Paulo Bregaro é o patrono dos Correios. No Ipiranga, pertinho de onde teria sido proclamada a Independência, há uma rua que o homenageia.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.