Falso padre cobra por oração no Araçá; conte sua história

Estadão

07 de outubro de 2009 | 13h19

O Estado desta quarta revelou que um falso padre cobra para fazer orações no Cemitério do Araçá, na zona oeste de São Paulo. Os preços variam entre R$ 50 e 200 e os fiéis se dizem “desrespeitados” pelo “monsenhor” Marcos Rodrigues Fontana.

Clayton de Souza/AE

Fontana alega que pede taxa porque precisa ‘viver’

A Arquidiocese de São Paulo alega que ele não tem permissão para fazer celebrações e usar vestes em nome da Igreja Católica Apostólica Romana. Algumas paróquias de São Paulo chegaram a colocar avisos nas igrejas alertando para a fraude.

Agora, o estadao.com.br quer saber se você já foi vítima ou conhece alguém que tenha sido enganado por alguém que cobra por este tipo de serviço. Comente este post e conte sua história.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: