Conpresp autoriza biblioteca no Carandiru

Estadão

20 de outubro de 2009 | 22h57

Por Vitor Hugo Brandalise

Além de analisar um processo polêmico recém-finalizado (saiba do que se trata na edição de amanhã do Estado), a reunião de hoje do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico de São Paulo (Conpresp) concedeu parecer favorável à construção da Biblioteca São Paulo, na antiga Casa de Detenção do Carandiru. Era o que faltava, segundo o Conselho, para que as obras fossem iniciadas – deve ser um processo rápido, com finalização prevista já para o primeiro semestre do ano que vem.

Conforme o Estado antecipou em setembro, a nova biblioteca terá jeitão de livraria e deverá servir de entidade central para as 961 bibliotecas públicas (municipais) espalhadas pelo interior e capital paulista.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.