Única cidade paulista sem morte por covid, Fernão mantém toque de recolher
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Única cidade paulista sem morte por covid, Fernão mantém toque de recolher

José Tomazela

30 de junho de 2021 | 16h04

Única cidade paulista que ainda não registrou mortes pela covid-19, a pequena Fernão, de 1.727 moradores, na região de Marília, não baixa a guarda contra o vírus. Enquanto em outras cidades, inclusive na sede regional, as atividades acontecem quase sem restrições, Fernão mantém o toque de recolher e o lockdown aos domingos. “Nossa equipe de enfermagem monitora de perto as pessoas que pegam a doença para evitar que se tornem casos graves”, disse a secretária de saúde, Adriana Pettenuci da Fonseca Santos.
Desde o início da pandemia, Fernão registrou 214 casos positivos de covid-19. Cerca de 10% dos casos exigiram internação, mas a maioria já se curou. A cidade possui uma única unidade de saúde e nenhum leito de UTI. “Temos dois pacientes intubados no Hospital das Clínicas de Marília, que é nossa referência hospitalar, mas o quadro deles está evoluindo bem”, disse a secretária. Um deles é idoso, o outro tem comorbidade. O prefeito da cidade, José Valentim Fodra (DEM), está entre os que venceram a doença.
Fernão resistiu a um grande avanço que o coronavírus teve este ano na região. Dos 83 municípios, 11 tinham virado o ano sem o registro de óbito. Nesses seis meses, as outras dez cidades tiveram de sepultar moradores que foram vítimas da covid. “Como não temos um fluxo de visitantes, foi possível não só dificultar a entrada do vírus, mas também reduzir a transmissão local, mantendo o isolamento. Até agora, por exemplo, estamos com aulas remotas nas redes municipal e estadual”, disse Adriana.
Até a manhã desta quarta, o estado de São Paulo registrava 126.937 mortes pela covid-19. Se fosse possível dividir igualmente entre os 645 municípios, daria 196,8 mortes cada um. As cidades mais populosas lideram o número de óbitos – na capital, já são 33.335 mortes. A última cidade a sair da lista de morte zero, São João do Pau d’Alho teve o primeiro óbito confirmado nesta terça-feira, 29, pela Secretaria da Saúde do Estado. Outras quatro pequenas cidades registraram uma única morte até agora: Pracinha, Sagres, Óleo e Borá, a menor cidade paulista, com 838 moradores.

Fernão é a única cidade paulista sem mortes pela covid-19. Foto Prefeitura/Divulgação.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.