Olímpia amplia estrutura para receber mais turistas depois da pandemia
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Olímpia amplia estrutura para receber mais turistas depois da pandemia

José Tomazela

12 de abril de 2020 | 11h02

Conhecida nacionalmente pelos parques de água quente, Olímpia está se preparando para se apresentar como importante destino turístico nacional após a pandemia do coronavírus. A cidade de 54 mil habitantes recebeu, só no ano passado, 3 milhões de visitantes, mais de 90% vindos da capital e de sua região metropolitana.
As medidas para conter o avanço da Covid-19 impactaram principalmente o setor turístico, com o fechamento de hotéis, pousadas, parques e a restrição às viagens.
As três maiores atrações de Olímpia – Thermas dos Laranjais, Hot Beach e Vale dos Dinossauros – não ficaram de fora e também paralisaram as atividades não essenciais em cumprimento às recomendações das autoridades de saúde.
O setor de infraestrutura turística, no entanto, continua ativo e deve inaugurar até o fim deste ano duas novas atrações: o Museu de Cera e o Bar de Gelo. A cidade possui 26 mil acomodações hoteleiras e, com os projetos em andamento, dever atingir 35 mil leitos. A prefeitura estima que o número de visitantes chegará a 6 milhões por ano, mais de 10% de todo o turismo circulante no Estado.
A prefeitura aponta como as principais armas de Olímpia para consolidar sua vocação turística a localização, no centro-norte do Estado, em meio a uma malha viária bem estruturada, favorecendo as viagens de carro. A rede hoteleira conta com acomodações de todos os formatos, inclusive apartamento no padrão americano, com capacidade para até sete pessoas, o que ajuda a reduzir custos. A cidade acaba de receber grandes redes de restaurantes e fast food, normalmente presentes apenas nos grandes centros.
Conforme a prefeitura, os parques abertos, com muito verde e, no caso dos aquáticos, com água tratada, também favorecem o conceito de cidade saudável, que será um fator importante na decisão das viagens de turismo no período pós-pandemia.

Parque de águas termais, uma das atrações de Olímpia. Foto Prefeitura/divulgação.

Tudo o que sabemos sobre:

OlímpiaThermas dos Laranjaisturismo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: