Nove cidades voltam às urnas para eleger prefeitos no interior de São Paulo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Nove cidades voltam às urnas para eleger prefeitos no interior de São Paulo

José Tomazela

26 de maio de 2021 | 15h22

Nove cidades do interior de São Paulo voltam às urnas no dia 4 de julho próximo para escolher prefeito e vice-prefeito. As novas eleições acontecem porque os eleitos em 2020 não tiveram o registro deferido ou foram cassados pela Justiça Eleitoral. O calendário eleitoral extra foi definido em sessão judiciária realizada de forma remota pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo.

Terão de votar outra vez para prefeito e vice os eleitores de Anhembi, Apiaí, Cajati, Campina do Monte Alegre, Itaoca, Leme, Piacatu, Santo Antônio do Jardim e Trabiju. Em sete cidades, as eleições suplementares deveriam ter acontecido no dia 7 de março, mas foram suspensas devido ao recrudescimento da pandemia de covid-19 no estado. Nesses casos, o registro de candidaturas já havia sido encerrado em fevereiro e os candidatos só podem ser substituídos em caso de falecimento.

Nos municípios de Anhembi e Cajati, a eleição adiada aconteceria em 11 de abril e o prazo para registro de candidatura vai até 19 horas do dia 4 de junho. As convenções partidárias devem acontecer entre 27 de maio e 1.o de junho. Na maioria dos casos, os prefeitos eleitos em 2020 tiveram o registro da candidatura indeferida com base na lei da ficha limpa. Eles foram condenados em ações por improbidade administrativa, mas disputaram as eleições sub judice, aguardando o julgamento de recursos.

Eleitores de Anhembi escolherão o novo prefeito. Foto CM Anhembi/Divulgação.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.