Motorista de 102 anos renova habilitação para continuar dirigindo em Avaré
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Motorista de 102 anos renova habilitação para continuar dirigindo em Avaré

José Tomazela

17 de maio de 2021 | 18h41

Quem vê um reluzente Volkswagen Santana de cor vinho rodando pelas ruas da cidade de Avaré, não imagina que ao volante está um dos motoristas mais idosos do Brasil. O aposentado Antônio Genez Parize tem 102 anos de idade e, na última quinta-feira, 13, renovou sua carteira nacional de habilitação.
Parize disse que está tirando o atraso: ele só tirou a primeira habilitação aos 47 anos de idade e, agora, não pretende parar de dirigir.
Em sua rotina diária, o velho e bem conservado veículo o leva para a academia de ginástica, ao mercado e às visitas aos amigos. Às vezes, ele apenas passeia pelas ruas da cidade para curtir o carro. Só durante a pandemia o Santana permaneceu mais tempo na garagem do que na rua. “É o grande xodó dele e dificilmente deixa outra pessoa dirigir”, afirma a cuidadora Maria Lúcia Soares da Silva.
Fora do carro, o aposentado, que em agosto completará 103 anos, caminha com o apoio de uma bengala.
Antônio possui habilitação nas categorias A e B – pode também dirigir motocicletas -, mas, segundo o Detran SP, ele não pode circular em vias de trânsito rápido, o que o impede de pegar a rodovia e viajar até as cidades vizinhas. Por conta da idade, ele também não deve dirigir à noite.
Como o sistema do Detran de renovação da CNH de forma online foi bloqueado para pessoas com mais de 100 anos, justamente por ser difícil existirem condutores com idade tão avançada, Antônio Parize precisou comparecer à unidade do Poupatempo para fazer a renovação. Também devido à idade centenária, sua nova carteira terá de ser renovada em um ano.
Conforme o Departamento Nacional de Trânsito, além de Antônio, há outros três motoristas com 102 anos habilitados no Brasil – um no Rio de Janeiro e dois em Minas Gerais. Há ainda três motoristas de 103 anos, um deles no estado de São Paulo, mas não é possível saber se eles ainda dirigem de fato.

Aos 102 anos, Parize renovou a CNH e dirige seu Santana em Avaré. Foto Detran SP/Divulgação.

Tudo o que sabemos sobre:

CNHDetran SPAvaréVolkswagen Santana

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.