As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Morre onça-parda atropelada em rodovia de Sorocaba

José Tomazela

07 de outubro de 2015 | 12h57

Um dia depois de ter sido atropelada por um veículo na rodovia Castelo Branco, uma onça-parda adulta com cerca de 50 quilos morreu, terça-feira (6), no zoológico municipal de Sorocaba. De acordo com a administração do zoo, apesar de cuidada pelos veterinários, a onça não resistiu à gravidade dos ferimentos, incluindo várias fraturas.

O felino foi encontrado muito ferido na canaleta de escoamento de águas pluviais da rodovia, na altura do km 84. Socorrida pelos bombeiros, com a ajuda da equipe de resgate de animais da concessionária, a onça foi levada para o zoológico. As fraturas nas patas traseiras foram corrigidas e medicadas, mas, segundo os veterinários, a onça sofreu hemorragia interna. Uma perícia vai identificar a causa da morte.

Desde o início do ano, pelo menos nove onças-pardas foram mortas por atropelamento em rodovias do Estado de São Paulo. Antes ameaçado de extinção, o felino teve a população aumentada no Estado depois que se adaptou a um novo habitat: os canaviais. Esse fator, que contribuiu para salvar a espécie da extinção na natureza, também aumentou os riscos de atropelamento. As regiões produtoras de cana-de-açúcar são cortadas por muitas rodovias para escoamento da safra.

Onça parda foi atropelada na Castelo Branco.

Onça parda foi atropelada na Castelo Branco.

Tudo o que sabemos sobre:

Castelo Brancoonça pardaSorocaba

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.